Notícias

CURSO DE ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO 2º SEMESTRE 2018!

INSTITUTO A CASA

 

ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO

SEGUNDO SEMESTRE

2018

 

 

 

O Instituto A Casa – pioneiro na clínica do Acompanhamento Terapêutico (AT) em São Paulo e com 35 anos de experiência no tratamento de psicoses e de outras psicopatologias – tem o prazer de oferecer o Curso de Acompanhamento Terapêutico.

O Curso é dividido em quatro módulos temáticos: “Fundamentos do AT”, “A clínica do AT”, “AT com crianças e adolescentes” e “AT e a clínica nas instituições”.

Os módulos são semestrais e independentes, permitindo aos interessados realizar um módulo ou mais, configurando-se como curso de extensão. No entanto, é também possível optar pela Formação em Acompanhamento Terapêutico, que prevê a realização dos quatro módulos, a realização de estágio supervisionado e entrega de trabalho de conclusão individual.

No segundo semestre de 2018 serão oferecidos os módulos: “A Clínica do AT” e “AT e a clínica nas instituições”.

Público-alvo: profissionais e estudantes de Psicologia, Terapia Ocupacional, Serviço Social, Enfermagem, Medicina e Educação. Técnicos dos serviços de Saúde Mental como: CAPS, hospitais-dia, centros de convivência, residências terapêuticas, oficinas profissionalizantes, emergências psiquiátricas e ambulatórios.

 

Módulo: Acompanhamento Terapêutico e a clínica nas instituições

Coordenação: Clarissa Metzger

Horário: quartas-feiras, semanalmente das 20h às 21h45

Data: de 22/08 a 28/11

                            

22/08                Abertura: Origens clínico-institucionais do AT

Clarissa Metzger

 

29/08             Análise institucional

                      Emilia Estivalet Broide

 

05/09            Narcisismo e constituição do eu

                     Ivan Ramos Estevão

           

12/09            Clínica do delírio generalizado ou a exceção da esquizofrenia

                     Rodrigo Camargo

           

19/09          Trabalho em rede e interdisciplinaridade

                    Sônia Maria Leonardi Ferrari

 

 

26/09          Clínica do Acompanhamento Terapêutico nas organizações sociais

                   

                    João Carlos Guilhermino da Franca

 

03/10         Clínica do Acompanhamento Terapêutico no Judiciário

                   Fabrício Ribeiro

 

10/10         Discussão de caso clínica

                   Clarissa Metzger

           

17/10        Clínica do Acompanhamento Terapêutico e família

                  Daniela Canguçu

 

 

24/10       Clínica do Acompanhamento Terapêutico e abrigos                 

                 

                Thais Siqueira

 

31/10     Acompanhamento Terapêutico e Residência Terapêutica

               Débora Marinho

 

 

07/11   Clínica do Acompanhamento Terapêutico em contexto hospitalar

 

             Clarissa Carvalho Fongaro Nars

 

21/11  Psicose estabilizada e laço social

           Glaucia Nagem

                       

28/11  Avaliação e encerramento

            Clarissa Metzger

 

Módulo: A Clínica do Acompanhamento Terapêutico

Coordenação: Beatriz Almeida

Horário: sábados, quinzenalmente, das 9h às 13h.

Data: de 18/08 a 24/11.

 

18/08

9h Contrato e enquadre no Acompanhamento Terapêutico

            Beatriz Almeida

11h10 Constituição do sujeito na neurose e na psicose

            Beatriz Almeida

 

01/09

9h Como alguns filósofos me ajudaram

            João Leite Ribeiro

11h10 Paranóia    

            Luis Guilherme Mola

 

15/09

9h Diário clínico na École de Bonneuil

            Mayra Castro

11h10 Secretários do alienado

            Rafael Rocha Daud

 

29/09

9h Clínica na instituição

            Maria Lívia Tourinho Moretto

11h10 Esquizofrenia     

            Beatriz Almeida

 

20/10

9h Os nós borromeanos e a clínica

            Ana Paula Pires

11h10 O projeto Terapêutico Singular e a Rede de Atenção Psicossocial

            Rodrigo Pacheco

 

27/10

9h Clínica do Acompanhamento Terapêutico

            Maria Tereza Castro Piedade

11h10 Psicose e laço social

            Beatriz Almeida 

 

24/11

9h Mania, melancolia e seus estados limites

            Christian Dunker

11h10 Discussão de caso clínico

            Beatriz Almeida

 

Valor por módulo: R$1360,00 divididos em 4 parcelas de R$340,00.

Informações e inscrições: com Karina ( O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ) ou Vilma ( O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ), de segunda a sexta, das 14h30 às 17h.

Local: Instituto A Casa, rua Dr. João Maia, 118, Aclimação (próximo ao metrô Ana Rosa).

Telefone: (11) 5574-0677

VAGAS LIMITADAS

Estágio supervisionado em Acompanhamento Terapêutico

 

Supervisão: Beatriz Almeida e Clarissa Metzger

Dirigido aos alunos da Formação em AT.

Duração: 1 ano.

Frequência: de 2 a 4 horas de atendimento individual semanal/ reuniões em instituição + 2 horas de supervisão semanal em pequenos grupos.

Mensalidade: R$270,00 (12 cheques pré-datados).

Admissão: através de entrevista com uma das supervisoras:

  • Beatriz Almeida: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Clarissa Metzger: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Entrevista: R$ 120.

 

Palestrantes convidados: 

Ana Paula Pires

Psicanalista. Mestre em Psicologia Clínica pelo IP/USP. Membro do Fórum do Campo Lacaniano - SP (FCL-SP). Ensinante no FCL-SP. Formação em terapia familiar pelo Instituto de Terapia Familiar de São Paulo (ITFSP).

Beatriz Almeida

Psicanalista. Membro da Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano (EPFCL). Diretora do FCL-SP (2017-2018). Coordenadora da rede de pesquisa Psicanálise e Feminilidade do FCL-SP. Coordenou a rede de pesquisa sobre As Psicoses do FCL–SP (2002 a 20017). Professora, coordenadora e supervisora clínica do Curso de AT do Instituto A CASA. Supervisora clínica da Equipe NÓS Acompanhamento Terapêutico.

Christian Dunker

Psicanalista. Doutor em Psicologia pelo IP/USP com pós-doutorado pela Manchester Metropolitan University. Professor Titular do Departamento de Psicologia Clínica do IP/USP. Membro da EPFCL–SP. Autor dos livros: "Lacan e a Clínica da Interpretação", ed. Hacker, “Estrutura e Constituição da Clínica Psicanalítica”, ed. Annablume e “Mal-estar, sofrimento e sintoma - uma psicopatologia do Brasil entre muros”, Boitempo Editorial, entre outros.

Clarissa Carvalho Fongaro Nars

Acompanhante Terapêutica com formação pelo Instituto A CASA, atualmente coordena uma equipe de Acompanhantes Terapêuticos e mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal de São Paulo - PPGSC/ UNIFESP, departamento de Medicina Preventiva. Psicóloga graduada pela Universidade São Marcos e especialista em Psicologia Hospitalar pelo Conselho Federal de Psicologia. Com formação em Psicanálise, atua também em consultório particular.

Clarissa Metzger                                                                  

Psicanalista, membro da Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano (EPFCL). Professora e supervisora clínica do curso de graduação em Psicologia da PUC-SP. Doutora em Psicologia Clínica e Mestre em Psicologia Social pelo IP-USP. Coordenadora e supervisora clínica do Curso de Formação em Acompanhamento Terapêutico do Instituto A Casa, coordenadora e supervisora clínica da Equipe HIATO de AT. Autora dos livros “A sublimação no ensino de Jacques Lacan: um tratamento possível do gozo”, EDUSP, 2017 e “Clínica do acompanhamento terapêutico e psicanálise”, Aller Editora, 2017

Daniela Figueiredo Canguçu

Terapeuta ocupacional e psicanalista, mestre em Linguagem e Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, professora do curso de Expansão Cultural do Instituto Sedes Sapientiae "Introdução à teoria e à clínica da psicose: uma abordagem psicanalítica" e supervisora institucional de CAPS. 

Débora Marinho

Psicóloga clínica, acompanhante terapêutica, coordenadora e supervisora da equipe de AT do Instituto A CASA. Coordenadora do Serviço de Residência Terapêutica da Lapa, aprimoramento multiprofissional em saúde mental pelo CAPS Prof. Luis da Rocha Cerqueira (SES- PIDA|USP), Mestre pela EE | USP.

Emília Estivalet Broide

Psicanalista. Mestre em Saúde Pública pela FSPUSP. Doutora em Psicologia Social pela PUCSP, integrante do Laboratório Psicanálise e Sociedade da USP (PSOPOL) , membro da APPOA. Consultora na área da saúde e da assistência social. Autora de diversos artigos e do livro A supervisão como interrogante da práxis analítica: desejo de analista e a transmissão da psicanálise. É co autora dos livros: População de rua pesquisa social participativa - censo, perfil demogáfico e condições de vida na cidade de São Paulo; Pode Pá: uma nova abordagem na aplicação de medidas socioeducativas em meio aberto e A psicanálise em situações sociais críticas: metodologia clínica e intervenções.

Fabrício Junio Rocha Ribeiro

Psicólogo, psicanalista. Mestre em Psicologia pela PUC-MG. Professor do Centro Universitário Newton Paiva, na área de Saúde Mental, Psicanálise e Direito. Articulador de Rede do Programa de Atenção Integral ao Paciente Judiciário – PAI-PJ do TJMG. Autor do livro “Da razão ao delírio – por uma abordagem interdisciplinar do conceito de loucura.” Curitiba: Juruá, 2011

Ivan Ramos Estêvão

Psicanalista, membro do Fórum do Campo Lacaniano – São Paulo (FCL-SP). Professor doutor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP e da Pós-graduação em Psicologia Clínica do IP/USP. Co-coordenador do Laboratório Psicanálise e Sociedade do Depto. de Psicologia Clínica do IP/USP e Núcleo Psicanálise e Política da PUC-SP

João Carlos Guilhermino da Franca

Coordenador da ONG Camará, conselheiro do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Vicente.

João Leite Ribeiro

Pessoa com esquizofrenia. Palestrante e diretor adjunto da ABRE (Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Esquizofrenia).

Luis Guilherme Coelho Mola          

Psicanalista. Doutor em Psicologia pelo IP/USP. Membro da EPFCL–SP. Membro do Núcleo de Psicanálise e Sociedade da PUC/SP.

Maria Lívia Tourinho Moretto

Psicanalista. Doutora em Psicologia pelo IP/USP. Professora do Departamento de Psicologia Clínica do IP/USP. Membro do FCL–SP. Autora do livro "O que pode um analista no hospital?", ed. Casa do Psicólogo.

Maria Tereza Castro Piedade

Psicanalista. Psicóloga. Acompanhante terapêutica formada pelo Instituto A Casa. Especialista em psicanálise e linguagem pela PUC/SP. Especialista em psicologia hospitalar pelo Conselho Federal de Psicologia. Capacitação em transtornos alimentares pela Unifesp. Psicóloga hospitalar no hospital de oncologia pediátrica Graacc/Unifesp. Mestranda em Pediatria pela Unifesp. Membro da equipe NÓS Acompanhamento Terapêutico.

Mayra de Castro

Psicanalista. Acompanhante terapêutica formada pelo Instituto A Casa. Formação em Psicanálise pelo Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae. Estagiou na École Experimentale de Bonneuil-sur-Marne (França). Membro da equipe NÓS Acompanhamento Terapêutico.

Rafael Rocha Daud  

Psicanalista. Acompanhante terapêutico. Mestre em Psicologia Social pela PUC/SP. Membro do FCL-SP. Membro da equipe NÓS Acompanhamento Terapêutico.

Rodrigo Pacheco

Psicanalista. Psicólogo. Mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP. Membro do FCL-SP. Coordenador da Rede de Pesquisa Psicanálise e Saúde Pública do FCL-SP.

Rodrigo Ferraz de Camargo

Psicanalista, formado em Psicologia pelo IP/USP ,mestre em Letras, pelo Departamento de Literatura Francesa da FFLCH/USP. Membro da Clipp.

Sonia Maria Leonardi Ferrari                                  

Terapeuta Ocupacional, diretora do Instituto A CASA, diretora do CETO – Centro de Especialidades em Terapia Ocupacional.

Thais Siqueira

Psicóloga. Acompanhante terapêutica. Estagiou no Hospital de La Borde e na École Experimentale de Bonneuil-sur-Marne (França). Membro do grupo de pesquisa Detecção Precoce de Psicopatologias Graves - PUC-SP. Professora e orientadora do curso de Pós-graduação em Psicanálise e Saúde do Instituto de Ensino e pesquisa do Hospital Israelita Albert Einstein.

 

INSTITUTO A CASA 

Direção: Beatriz Aguirre, Regina Von Atzingen, Sônia Ferrari.

 Direção do Departamento de Formação: Beatriz Aguirre.

 Coordenação do Curso de Formação em Acompanhamento Terapêutico: Beatriz Almeida e Clarissa Metzger.

 Coordenação da Equipe de Acompanhamento Terapêutico: Adriana Canepa, Débora Marinho, Martin Aguirre, Rodrigo Veinert.

 

Equipe de Acompanhamento Terapêutico:

Cristiana Gerab, Juliana Scharff, Juliana Vidigal, Márcia Fares, Marcus Goes, Rafael Raicher, Rodrigo Gomes, Rogéria Neubauer, Tomás Bonomi.

 

Publicações da equipe de AT:

  • A Rua como Espaço Clínico: Acompanhamento Terapêutico. São Paulo: Editora Escuta, 1991.
  • Crise e Cidade: Acompanhamento Terapêutico. São Paulo: Educ, 1997.
  • Textos, Texturas e Tessituras no Acompanhamento Terapêutico. São Paulo: Coleção SaúdeLoucura, Editora Hucitec e Instituto A Casa, 2006.

 

Rua Dr. João Maia, 118

04109-130 São Paulo/SP
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

www.acasa.com.br

 

ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O APRIMORAMENTO NA CLÍNICA DAS PSICOSES 2018!!!!!

APRIMORAMENTO

 

 

Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

 

O departamento de Acompanhamento Terapêutico do Instituto A CASA vem por esta nota repudiar as ações violentas e discriminatórias, impetradas pela atual gestão da Prefeitura Municipal de São Paulo e pelo Governo do Estado de São Paulo às pessoas em situação de rua e àquelas com intenso sofrimento psíquico, como os usuários de álcool e outras drogas.

 

Está sendo corriqueira, por estas duas instâncias, a apropriação indevida dos corpos desses sujeitos fragilizados e de seus pertences, com o objetivo de promover a limpeza da cidade e invisibilidade da miserabilidade.

 

Sabemos que a questão da assistência à essas pessoas é complexa e políticas públicas inclusivas são fundamentais. Vários setores da sociedade civil têm se mobilizado para a propositividade de ações que visam a dignidade e respeito dessa população.

Desde janeiro de 2017 há um constante desmonte de projetos e programas sociais, culturais e de saúde à população, havendo um enorme retrocesso, no que tange ao cuidado, assistência e acessibilidade.

 

A criminalização do uso de drogas e a marginalização das pessoas em situação de rua, marca uma política higienista, excludente e violenta.

A Equipe de ATs do Instituto A CASA defende uma posição contrária à toda forma de violência que está sendo imposta à população, pelos órgãos públicos das gestões atuais.

 

 

Pesquisa no site

Convênios

convenios